Brasil deve fechar Março, o mês mais letal da pandemia, com 320 mil vidas perdidas

O Brasil deve encerrar o mês de março com um total de 320 mil vidas perdidas para a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, de acordo com previsão do Portal Covid-19 Brasil, formado por pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade São Paulo (USP).

Com os altos números registrados na semana passada, o país vivenciou a pior semana epidemiológica desde o início da pandemia no ano passado.

A 12ª semana mais mortal e infecciosa da pandemia desde fevereiro do ano passado superou a 11ª que, até então, tinha recorde de registros de óbitos e casos semanais. Mesmo nos finais de semana e nas segundas-feiras, dias em que eram comuns os números de mortes ficarem abaixo de mil, eles estão elevados.

Isso mostra o descontrole da pandemia de Covid-19 no país e, na previsão de especialistas, o ritmo de crescimento do número de vítimas e novos diagnósticos da doença deve se manter nas próximas semanas.

Nesta segunda-feira (29), o Brasil registrou 1.969 mortes por Covid-19 em 24 horas. No total, 314.268 brasileiros perderam a vida para doença desde o começo da pandemia.

A média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias chegou a 2.655, um novo recorde desde o início da pandemia pelo 4º dia consecutivo, de acordo com o levantamento do consórcio de imprensa.

O país vive o pior momento da pandemia de Covid-19 e completa 13 dias com média de mortos por dia acima de 2 mil mortos. É o terceiro dia com a média acima da marca de 2,5 mil e 38% do total de óbitos são de pacientes que não chegaram às Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) – 40% morreram sem esse atendimento entre os dias 14 e 20 de março.covid mes marco